Infraestrutura

Datacenter

O datacenter da MD Brasil onde são oferecidos os serviços de colocation, hospedagem de sites e outros serviços de valor adicionado é dotado de todas as facilidades necessárias para o fornecimento de serviços de alta qualidade e disponibilidade. Dentre estas destacam-se:
- No breaks redundantes e com capacidade cada um de mais de 200% da carga instalada, o que garante a máxima disponibilidade de servidores e equipamentos com fontes redundantes
- Capacidade do banco de baterias, dimensionado para suportar a operação em carga total por 10 horas sem necessidade de gerador;
- Gerador de emergência para os sistemas de refrigeração e carregamento dos no breaks;
- Sistema de refrigeração redundante;
- Proteção e monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Interconexão e Conectividade

A MD Brasil é detentora do AS (Autonomous System) de número 28657 e possui conectividade com a Internet utilizando interconexões com operadoras distintas através do protocolo BGP (Border Gateway Protocol), o que garante a redundância de roteamento para a Internet. A redundância física é garantida por fibras ópticas distintas que interligam a MD Brasil aos seus fornecedores de trânsito IP e também ao Ponto de Troca de Tráfego PTT-Metro em São Paulo, que é abordado também de forma redundante e independente físicamente. O eventual rompimento de uma fibra, evento relativamente comum, não afeta a conectividade da MD Brasil.

Participação no PTT-Metro e suas vantagens para os assinantes

A MD Brasil é participante do ATM (Acordo de Troca de Tráfego Multilateral) no PTT de São Paulo que é o maior no país. Isso significa que o acesso a sites e serviços que também participem do ATM tem uma velocidade muito maior pois não dependem da Internet.

Protocolo IPv6

O backbone da MD Brasil está totalmente capacitado a oferecer transito nativo IP versão 6 (IPv6) para os assinantes. O protocolo IPv6 que na atualidade convive com o IP versão 4 (IPv4) proporciona uma série de vantagens em relação ao seu antecessor e será o responsável pelo desenvolvimento da Internet, uma vez que os recursos de numeração IP providos pelo IPv4 estão em fase de esgotamento. Além disso o novo protocolo ainda proporciona uma série de outras vantagens técnicas.